sábado, fevereiro 23, 2013

Finja na hora rir


Arrepender-se é um dos sentimentos mais difíceis de ser assumido, dói na alma, trás a sensação de querer voltar no tempo e fazer tudo diferente, mas é absolutamente impossível e até mesmo desnecessário. 
Lidar com consequências e seguir em frente é o que temos que obrigatoriamente fazer todo o tempo se quisermos continuar crescendo. 

Mas, e quando seus medos te paralisam? E quando você comete um erro por cima de outro erro? E quando você se sente sozinho?
O mesmo imperativo de persistência grita de todos os lados, mesmo que tudo que você queira seja desistir.
As boas intenções nos subestimam, nós não nos reconhecemos, exigem que sejamos quem éramos e não quem estamos sendo. 
E quando a dor não tem palavras?  E quando você não consegue explicar o que está acontecendo com você? E quando você percebe que nunca esteve preparado para nada disso?
O mundo não se importa, você precisa vestir um belo sorriso no rosto todos os dias; cuidado ao mudar o figurino.

Ser otimista está na moda e negar as suas maiores fraquezas é a última tendência. 







2 comentários:

  1. Quando a pessoa se surpreende com algo tão intenso escrito anos atrás e a crítica por trás disso continua tão atual. "Eu vejo um museu de grandes novidades"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O passado muitas vezes é um reflexo do que ainda irá, um dia, chegar. A transformação é constante.

      Excluir