quarta-feira, dezembro 28, 2011

M. Graciele

Eu senti…
Não importa o que senti. Bem… Na verdade importa, mas não consigo descrever.
Eu vou tentar…
Eu conheci uma garota; ta bom, sei que todos conhecem novas pessoas, mas ela é diferente. Ela fala comigo, devo estar parecendo um idiota dizendo isso, ela brinca, ri, me diverte, nos divertimos muito. Ela é a primeira pessoa em anos que consegue fazer com que eu me sinta cansado e ainda assim esteja cheio de energia. Digamos que é como se eu tivesse um Sol como gerador de energia, se bem que poderia ser assim, até porque, eu vivo com a temperatura fora do comum, sempre acima da média de uma pessoa normal.
Mas deixe eu voltar a falar sobre ela; como eu estava dizendo ela é diferente. Sasuke e SakuraTem seus momentos e explode comigo sempre que pode, pelo menos até agora tem sido assim, não me manda pra lugar nenhum quando esta brava e deixa bem claro que gostaria muito de fazê-lo. Acreditem, ela faria mesmo. Ela não é problemática como podem estar imaginando, a questão toda é que eu sou um
“problema” a parte. Birrento, muito chato, gosto de provocar e ignoro quando me convém. Já até me perguntei diversas vezes se realmente a mereço, mas todas as vezes que cogito isso perto dela, ela me abre um sorriso de 100mil kWh e toda a dúvida que há em mim é convertida em uma certeza clara: Era você quem eu esperava todo esse tempo.
Eu senti… e sinto sua falta a cada instante do meu dia ansiando pelo momento em que você estará do meu lado.

Um comentário: