terça-feira, junho 21, 2011

Cartas para ela - nº 3

Bem...

Primeiramente, me desculpe meu bem. Não tente descobrir de onde estou enviando esta carta, subornei o mensageiro e conheço alguns de seus podres, ele jamais vai entregar qualquer informação à meu respeito, o medo ainda é a maior fraqueza da humanidade.
Me desculpe por ter partido assim, mas saiba que vi você antes de ter ido. Apesar da distância, te sinto aqui perto e isso me corta o coração. É complicado demais; eu estacionei no tempo e não consigo seguir em frente, não necessariamente seguir em frente; eu tenho evoluído muito, mas o processo de evolução pode muitas vezes falhar. Mas deixemos isso para um próximo contato.
Talvez eu escreva menos a partir de agora, mas antes de parar com as cartas eu gostaria de mais uma vez te ver.
Em breve você receberá uma mensagem. Faça de tudo para seguir o que estiver nela e não me decepcione, talvez eu não volte mais.

Com amor,

Seu menininho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário