segunda-feira, março 21, 2011

[Poesias sem ser] Devaneios¹

A minha frente tem um teto
Estou a horas olhando para ele, vendo-o tão branco e sólido
Eu tô aqui, inerte, enquanto o tempo passa e os relógios fazem tic e tac.
Olho para o lado e me deparo com mais paredes de mesma cor e textura.
Não mais o barulho do relógio me incomoda, mas uma voizinha lá dentro.
Dentro de mim, em algum lugar sussurra: Vá em frente.
E eu sem muito acreditar acabo mergulhando
Mergulho profundamente...
A mesma voz me chama novamente e dessa vez eu digo:
Eu sou, eu vou, eu posso.
O silêncio marca presença e acordo assustado.
Foi tudo um sonho...



Um Anjo, um Meninniinho escrevem...


[poesias sem ser: Devaneios¹]

2 comentários:

  1. Sonhos são bastante legais, melhores ainda quando podem ser realizados, mais quando não são pelo menos temos a certeza que sonhar é de graça, não faz mal e nos ajuda a seguir sempre em busca daquilo que queremos!

    beeijOdalua!

    Ps: É muito bom ver que você está de volta!

    ^^

    ResponderExcluir
  2. "Sem sonhos, as perdas se tornam insuportáveis, as pedras do caminhos se tornam montanhas, os fracassos se transformam em golpes fatais. Mas, se você tiver grandes sonhos... seus erros produzirão crescimento, seus desafios produzirão oportunidades, seus medos produzirão coragem."(augusto cury)

    ResponderExcluir