sexta-feira, março 11, 2011

E o vento que leva, também trás...

Eu sinto muito, sinto muito por aquela cena embaçada.
Por aquelas vozes confusas, misturadas...
Por todo aquele torpor, e sim, aquele triste olhar de comiseração...
Eu sinto profundamente pelos planos frustrados, pelas oportunidades perdidas, pelo tempo que não queria perder e me consumiu.
Eu que tinha pressa, eu que queria o sucesso, ganhei mais limitações
E fechei os olhos pra não lembrar, vendo em minha mente o conjunto de confusões que me atormentam.
O vento me levou os sorrisos. O vento me levou os sonhos, as certezas, a vaidade, a liberdade...
O vento me levou a fé, levou parte do meu coração, me levou as amizades, e quase me levou por inteiro.
Eu estava em agonia, depois passei a anulá-la, aí passei a vislumbrar esperança, parei num estado de dor e confusão.
Olhando as fotos e não me reconhecendo mais nelas, eu, um estranho de mim mesmo.
Um ser inerte a um perene mistério de que sou parte.
Dizem que tudo passa, e que  a vida é um ciclo...
Eu estou aqui, numa espera nada ociosa, lutando para que os bons ventos soprem.
Mas não quero que eles me devolvam nada, quero algo melhor de tudo aquilo que sou e fui.
São coisas que deixamos pelo caminho, que podem nos fazer tropeçar.
São coisas que nos são arrancadas, que nos fazem perceber que a vida excede o que diz nossos vãos livros de auto-ajuda.
E é o duro ato de amadurecer, que nos faz entender que é preciso acreditar que algo novo pode surgir em meio ao caos, em meio ao nada(que já é muita coisa!).
Foram nos momentos de privações em que toda matéria viva, passou a evoluir
E o choro que rega os dias cinzas, pode nos trazer a incerteza daquilo que o vento pode ou não, levar e trazer...
Não cruze os braços e lembre-se: tudo começa no ato de pensar, e então... Falar, sentir, agir!
A cada dia mais um passo, deixe que o vento sopre, "Deixe que o beijo dure, deixe que o tempo cure e deixe que a alma tenha a mesma idade que a idade do céu".

*




Eu estou a caminho de acreditar...
#um arcanjo que escreve.
I believe it's over...
#um arcanjo desacreditando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário