sábado, dezembro 18, 2010

Relatos...

Abdico do posto de ser humano perfeito. Até porque, não sei quem foi que inventou essa historia furada. E Nunca nem cheguei perto da perfeição.
Nego veementemente ter errado ao tentar acertar. Ou eu acertava uma coisa sem noção ou ficava na minha. E até hoje tenho sempre tentado fazer algo e conseguido, ainda que o resultado não seja o que eu espero. Não existem erros, só forças diferentes de aprendizado que nos mostram de forma dura como acertar na próxima tentativa. Se ela existir é claro.
Para os que encontram defeito em tudo, eu peço humildemente que procurem em mim um vestígio do deveriam procurar em si mesmos. Se não encontrarem nada, sugiro que parem de encontrar defeitos nos outros e lembrem-se de uma coisa muito importante: Primeiro em nós, depois nos outros. Essa é a ordem certa.
Aos que esperam por um vestígio do livro que deu título ao Blog, minhas sinceras e humildes desculpas.  Ainda falta transcrever algumas coisas para ele e escrever um “Epílogo”, não que haja a necessidade de um, mas quero trabalhar em cima disso.
Finalmente férias da faculdade, no entanto elas não coincidem com as do trabalho, infelizmente. Pretendo depositar esse tempo das férias em algumas coisas. São elas:
  • Amor
  • Livro
  • Violão/Guitarra
  •  Livros, muitos livros por sinal.


Obrigado à atenção de todos.

Aos que se perguntam: “Mas e você, como está? Você não falou sobre isso.”.

Não falarei muito, apenas que: Eu estou irritado e chateado.
Não irei falar o porque nem menos com o que.
Até breve...

Um comentário:

  1. Anjo...
    bom, sobre defeitos e acertos, concordo plenamente com a sua colocação.
    sobre as férias e tudo reciproco, até mesmo os planos...
    Saiba que pode contar comigo sempre, eu estou sempre aqui!!! mesmo para ouvir o silêncio, ou as reclamações de um menino chateado!!!

    ps: estou com o pc e a net em casa, podemos conversar mais, isso é muuuito bom!!


    bjos no S2

    ResponderExcluir