segunda-feira, junho 21, 2010

Fragmentos de uma vida...

[...]E quando tudo se fez nada, ele olhou para o céu e agradeceu.[...]
[...]Tomou sua parcela nos erros e encarou o nada como nunca o havia feito antes. Lembro-me daquela Lua que lhe encheu de vida, cresceu em seu coração, deixou-o minguado por um longo tempo e fez nova quando tudo parecia perdido.[...]
[...]O Meninniinho acordou de um longo sonho em que viu tudo desmoronar enquanto ele acreditava no que não era certo. Aceitou os fatos como se tudo estivesse perfeitamente bem e depois de não mais se preocupar com "detalhes" significativos de sua vida, ele percebeu o que realmente valia a pena e foi nesse fragmento de tempo que ele cresceu.[...]


I.C.A. - Um fragmento e uma ponta de receio dentro de si... (Outro livro?!) :O
Um fato consumado: Os detalhes insignificantes são os que realmente valem a pena serem observados.

Um comentário:

  1. Muuuuito interessante...

    umanjocaladoacompanhandocertaspostagens

    ResponderExcluir