terça-feira, fevereiro 02, 2010

Se hoje...

...fosse o ultimo dia de sua vida o que você faria?

Se tivesse algo que gostaria de me pedir, o que pediria?
Se ficou algo que quis me dizer, porque não o diz?

Se a vida é tão boa quanto parece, porque você deixou de viver?
Se não tem medo, porque desistiu de lutar?
Se não tem fraquezas, porque fraquejou e desapareceu?

Blog abandonado a partir dessa postagem.
Talvez eu volte em 1 semana, 1 mês, ou simplesmente não volte mais com ele.


Agradecimentos:
Agradeço primeiramente à Deus, sem ele eu não existiria.
Agradeço a Michelle Arcanjo, sempre me incentivou e pelo que ela me disse certa vez eu deixarei o blog ativo. ("Se um dia alguém me disser que não sabe o que é amor, eu vou mostrar seu blog e principalmente seus 'Devaneios', o mundo precisa saber e você soube como mostrar[...]")
Agradeço à Isabel (Bel), Vanessa (Nessy), Talita (Talie), Aguida (Guida), Islaniele (Nany), Luana Matos (Lu'), principalmente Luana, que sempre esteve comigo mesmo não me conhecendo pessoalmente.
Agradeço à todos as minhas outras amigas e a alguns amigos também que me incentivaram a manter o blog ativo e acreditaram que eu deveria mesmo escrever um livro. Dentre esses um que chama mais a atenção é Deiverson (Dragone), um rapaz que mudou muito nesse tempo todo que o conheço e hoje é um cara melhor e muito mais responsável. Tudo isso graças as quedas que a vida quis lhe dar e ao amor que hoje está presente com ele, Jéssica (Jessy Alves).
Agradeço à minha Mãe por viver me criticando no que diz respeito a esse livro e meus textos, e principalmente por sua indiferença ao ouvir enquanto eu lia. Isso só me vez continuar com mais garra. E agradeço também por ela me amar e demonstrar seu amor de uma forma tão diferente. (Isso fica em Off!)

Agradeço em ultimo lugar a pessoa que irrefutávelmente faz parte desse livro, Lua, na verdade Ludmila (Ludiih). Apesar de ser a ultima a receber o agradecimento é a mais importante de todas e por isso a deixei por ultimo.
Agradeço a ela por ter me mostrado que a vida é diferente e divertida fora do meu mundo confuso. Agradeço por ter despertado em mim o amor que compartilhamos em "pouco tempo" e por ter me feito esperar incessantemente, apesar dela não ter voltado ainda. Ela me mostrou o que era de fato o amor e me fez ver que amizade pode sim se tornar amor e um amor bom e gostoso de sentir.
Um amor que dura além do que a compreensão pode imaginar. "I Wait...!!!"
Obrigado Ludmila.
Obrigado à todos que de alguma forma fizeram e fazem parte da minha vida.




O texto de agradecimento é um fragmento do texto original do livro. Algumas coisas foram retiradas e outras ficaram ocultas.
I.C.A. - Ian Calmon Alexandre

Blog abandonado a partir dessa postagem.
Talvez eu volte em 1 semana, 1 mês, ou simplesmente não volte mais com ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário