segunda-feira, fevereiro 22, 2010

. Carpe diem

Hoje, exclusivamente hoje a postagem toma um rumo diferente.

Dor...
Pranto...
Desespero...
Medo...
Amor ao próximo!

Algumas horas atras, cerca de 1 hora +/-, aconteceu um acidente aqui.
O esposo de minha prima sofreu uma queda e foi para o hospital completamente ensangüentado. Com o rosto desfigurado...
Minha prima(não a esposa dele, outra), saiu de casa aos prantos ao receber a notícia.
Semi nua, trajando apenas um short minusculo e com uma blusa que segurava rente aos seios até receber a informação do ocorrido.
Não sei porque, mas hoje, exclusivamente hoje, eu sai de casa para ver o que acontecia.
Não fui ver o acidentado, a peguei nos braços e levei para casa. A vesti e acalmei. Enquanto os outros aos prantos e com todo desespero cabível tentavam fazer alguma coisa em vão.
O acidentado está internado, vai tirar Raio X, senão já tirou...
Deus permita que não tenha acontecido nada de mais grave.

PS.: Ele estava bêbado. A minha prima que citei tem 17 anos (senão me engano).


Porque eu sempre tenho que ser o que pensa e age com calma?
Porque hoje eu sai para ver o que acontecia?
Porque só eu tive "visão" para perceber que aquela jovem estava semi nua na rua aos prantos?
Porque raios Eu?
Porque eu sou assim?




I.A.N.C.A. - Quer arriscar?
Segure minhas mãos e venha comigo. Não importa para onde, apenas venha.

Um comentário:

  1. Bom fico feliz que vc tenha reaberto blog, mas nossa pelo visto o acidente foi feio...é Ian, nem todo mundo presta atenção nos detalhes né?
    tinha que ser você, porque no meio daquela confusão toda alguém tinha que ser racional!!!

    ps: não tô conseguindo postar comentários no blog da Lua...Diz ela que também adoraria conhece-la pessoalmente.

    Abraço

    ResponderExcluir